Postagens

Mostrando postagens de 2011

PAU NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL

Dona Dilma fez um bonito discurso uns dias atrás dizendo que o Brasil pode ser potência agrícola e energética e também potência em recursos naturais e preservação da biodiversidade. Bonito discurso, mas o que está sendo feito na prática?
Hoje está em votação no Senado a aprovação do projeto de Lei do Novo Código Florestal Brasileiro. Acontece que o novo Código é mais "frouxo" que o antigo, permite atividades agrícolas em Áreas de Preservação Permanente (APPs - topos de morro, matas ciliares, proximidades de rios - são áreas importantes para a manutenção do fluxo gênico entre inúmeras espécies, o que garante a biodiversidade e por lei até então todas essas áreas não deveriam ser tocadas pela atividade agrícola.
Vejam alguns dos pontos em que a nova proposta de Legislação se torna mais "frouxa"
"As faixas de proteção nas margens dos rios continuam exatamente as mesmas da lei vigente hoje (30 a 500 metros dependendo da largura do rio), mas passam a ser medidas a par…

APRENDIZAGEM - Métodos e discussões.

RELATÓRIO DE LEITURA – MÓDULO II – APRENDIZAGEM
TEXTOS LIDOS :
1 - Ensinar Ciências por investigação: em que estamos de acordo? (Munford / Castro Lima)
2 – REFORMAS E A REALIDADE: O caso do Ensino de Ciências (Krasilchik)
Particularmente, ainda não aceito que todo o currículo educacional, tanto no Brasil quanto em diversos outros países, seja tão focado para treinar pessoas cujo principal objetivo na vida é o desenvolvimento de habilidades científicas. O que há por trás desse pensamento já tão infiltrado em todos os segmentos da sociedade? Desenvolvimento científico é associado a poder, principalmente poder econômico. Eu gostaria que o objetivo final dos processos de aprendizagem na escola fosse a formação de pessoas, indivíduos que reconhecem o próprio potencial e que sabem como aplicar esse potencial de maneira criativa e crítica na sociedade e não somente o treinamento de “soldados do capitalismo”, capazes, única e exclusivamente de se arriscarem a aplicar o método científico. (“C…

ANÁLISE DO CURRÍCULO ESCOLAR DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS.

ANÁLISE DA FORMAÇÃO DO CURRÍCULO ESCOLAR DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS.
Waldir Neto


No texto “A metáfora do rizoma: contribuições para uma educação apoiada em comunicação e informática”, as autoras Eliana Povoas de Brito e Gertrudes Dandolini expõem algumas mudanças necessárias para a criação de um currículo para os cursos de graduação que se adapte à demanda tecnológica da sociedade contemporânea. As autoras gaúchas são professoras de cursos de graduação modalidade EAD e portanto lidam com recursos tecnológicos constantemente.
O artigo sugere uma ruptura no modelo curricular linear e propõe uma estrutura curricular onde as disciplinas se entrelaçam, como uma rede de conhecimento, em rizoma. O texto questiona a interdisciplinaridade, que apesar de ser proposta por muitas instituições e educadores e tão debatida, na prática percebe-se que as disciplinas e as áreas de conhecimento se “compartimentalizam” cada vez mais.
O modelo curricular linear vigente é fruto de uma racionalidade hegemônica p…

TARTARUGAS AO RESGATE

Imagem
RECOLONIZAÇÃO DE ILHAS E MESMO DE CONTINENTES PODERIA PROVAR UM EFETIVO MÉTODO PARA REVERTER CATÁSTROFES ECOLÓGICAS.
David Bello
Tradução: Waldir Neto

        Os europeus fizeram suas explorações  pela ilha-nação de Mauritius adentro, e essas explorações ficaram conhecidas principalmente pela eliminação do pássaro dodo no ano de 1700. Menos conhecido foi  seu impacto sobre a ilha mauritiana conhecida agora como Ile aux Aigrettes, onde eles exterminaram camaleões gigantes e tartarugas e cortaram o ébano nativo para lenha.       Em 1965, a imensa área desmatada de 25 hectares da ilha foi declarada como uma reserva natural. Mas, mesmo na ausência do desmatamento, as florestas de ébano de crescimento lento falharam em seu desenvolvimento. Por que? Porque elas haviam perdido os animais que comiam seus frutos e dispersavam suas sementes.  Então, em 2000 os cientistas realocaram quatro tartarugas gigantes para os arredores do atol de Aldabra em Seychelles (seja lá onde isso for!), e em 2009 um…

Mirmecocoria - na reta final

Imagem
Bom, estou há dois anos quebrando a cabeça,  buscando um método que comprove a hipótese da fuga do predador para espécies arbóreas que realizam a síndrome de dispersão do tipo mirmecocórica. A literatura ecológica diz nessa hipótese, basicamente, que o fato das formigas carregarem as sementes para longe da planta parental diminui a pressão por predadores (besouros, no caso específico da planta com que trabalho) e garante a germinação da semente.
Estou trabalhando com uma espécie arbórea pioneira, bastante comum nas matas ciliares de estados centrais brasileiros como MG, RJ, SP, DF, GO, MT, MS, a Croton urucurana. A Crotonurucurana é uma espécie relativamente fácil de se trabalhar, já que ela é generalista, ocorre em todo lugar. Suas sementes são  minúsculas e contêm uma pequena camada lipídica, chamada elaiossomo, que é aproveitada pelas formigas dispersoras como alimento.
Acontece que essa hipótese da fuga do predador foi raramente testada em plantas que realizam essa síndrome de disp…

Joisten Gaarden X Richard Dawkins

Imagem
Galera,


Estou empolgadíssimo terminando de ler o livro O dia do Curinga, de Joisten Gaarden, mesmo autor de O mundo de Sofia. ( E de outro, excelente e triste chamado O outro lado do Espelho).
Nesse livro do Gaarden há um paralelo entre um mundo fantasioso e a filosofia, na vida real, e acabei encontrando nisso também um paralelo com a Teoria da Evolução das Espécies. O livro é cheio de metalinguagem, conta a história de um garotinho, filho de um filósofo que está viajando com o pai pela Europa a procura da mãe que fugiu para se encontrar e virou modelo na Grécia. Certo dia, numa padaria de uma cidadezinha um padeiro dá um pãozinho de presente para o menino e diz que tem uma surpresa. E dentro do pão o menino encontra um mini livrinho e ao longo da viagem o garotinho vai lendo o livrinho, que de certa forma parece que vai contar a história do próprio menino e  o menino tem tantas reflexões que parece que sou eu mesmo lendo a história (ou qualquer outro leitor). Metalinguagem dupla, gen…

DOE SEU CÉREBRO, SALVE ALGUÉM!

Imagem
(p.s. - O título original do texto é Donate your Brain, Save a Buck) Buck significa macho ou gamo (um cervídeo), mas não encontrei nenhuma relação no texto com gamos, machos, ou gamos machos... Não achei o contexto dessa palavra então adaptei. Vamos lá!
TEMPOS DIFÍCEIS ESTÃO TORNANDO A DOAÇÃO DE TECIDOS MAIS ATRAENTE

A grande recessão mudou a maneira de muitas pessoas viverem - e suas repercussões parecem estar alterando a forma com que algumas pessoas escolhem morrer. Pelo menos dois proeminentes bancos de tecidos tem visto um aumento no número de indivíduos que estão interessados em doar seus corpos para pesquisa em troca de um desconto nos custos funerários. O Instituto de Pesquisa em Saúde Grande Sol, próximo de Phoenix (EUA) recebe geralmente  algo em torno de mil requisições para fazer doações todos os anos.  Esse número aumentou em 15% desde o início da recessão em 2008, e a lista de espera para doadores tem aumentado. "As pessoas tem tido uma menor avaliação de seus 401Ks (…

PERDEMOS PARA O "DESENVOLVIMENTO"?

Imagem
Foi aprovada hoje, pelo IBAMA a concessão para construção, instalação e funcionamento da usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, estado do Pará. A empresa Norte Energia, responsável por esse desastre ecológico, dará uma contrapartida de 100 milhões de reais para projetos de conservação do rio Xingu, mas é claro, óbvio, off course que esse dinheiro será desviado e financiará projetinhos "meia boca" enquanto o restante da verba é desviada e todo um ecossistema desaparece!
A porcaria vai cobrir um trecho de 100 km do rio Xingu, e será uma das maiores do mundo!

ENTENDENDO O PREJUÌZO
A construção da usina tem opiniões conflitantes. As organizações sociais têm convicção de que o projeto tem graves problemas e lacunas na sua formação.[7][27] O movimento contrário à obra, encabeçado por ambientalistas e acadêmicos, defende que a construção da hidrelétrica irá provocar a alteração do regime de escoamento do rio, com redução do fluxo de água, afetando a flora e fauna locais e intr…

MONSTROS DO SILURIANO

Siluriano é a era geológica que vem logo após a explosão do Cambriano (uma era geológica onde a vida evoluiu e se diversificou de uma maneira fantástica, originando os principais padrões morfológicos corporais que temos nos seres vivos hoje).
Mas é nessa era que existiam os artrópodes gigantes e assustadores. Escorpiões de 1 mt de altura , vejam os vídeos. Tem um fator dramático nas lutas pela sobrevivência representadas, mas tá valendo!

EDUCAÇÃO AMBIENTAL, COMO NÃO?

Então pessoal, eu estava quase me esquecendo que essa é a minha linha de trabalho preferida e é por isso que faço Biologia. Trabalhei um bom tempo da minha vida, promovendo cursos de Educação Ambiental para comunidades rurais e estudantes.
Esse vídeo é sobre a história das coisas e mostra o quanto vivemos imersos em uma sociedade completamente viciada em consumir. Mas o que é feito com os resíduos gerados. O vídeo é norte americano. Nos EUA os níveis de consumo são umas dez vezes mais elevados do que aqui no Brasil, mas o exemplo serve para nos mostrar o que não devemos nos tornar enquanto nação. Os dados chegam a ser nojentos e o Brasil, com o crescimento econômico em que se encontra, tende a ir pelo mesmo caminho. Nossa realidade ainda é muito diferente da dos norte americanos, mas espero que continue assim, pois somos um dos países mais ricos em recursos naturais e no futuro é isso que vai contar. Tecnologia e bens de consumo são bons, mas depois de um tempo vira tudo sucata e lixo…

SOCIEDADE TECNOLÓGICA X FORMAÇÃO ESCOLAR.

Imagem
Bom dia, comunidade!
Bom dia, Arnaldo!

Tribalistas a parte, hoje está fazendo um dia nublado aqui em São João del Rei, então resolvi escrever sobre um seminário que estou montando.

A partir da Revolução Industrial e com o surgimento do capitalismo e sua consequente dominação das relações humanas sobre o planeta Terra, uma nova sociedade se configura atualmente. Com o desenvolvimento cada vez mais acelerado da tecnologia, com celulares cada vez menores e mais rápidos, processadores cada vez menores e mais rápidos e com a internet, que se tornou um verdadeiro fenômeno nas relações comerciais e pessoais e na veiculação rápida de informações, o panorama em que vivemos é o de uma sociedade dependente da tecnologia. Se acontece alguma falha de energia, tudo para e o prejuízo econômico se instala.
A política sempre esteve por trás do cenário educacional, que acaba seguindo tendências governamentais. O que existe hoje é uma lógica mercadológica e capitalista que direciona os governos e acabou…

O PECULIAR AMOR DOS CORAIS

Imagem
Deve ser bem difícil cortejar o sexo oposto quando se é séssil, o que explica o porquê dos pólipos - as menores criaturas cujos exoesqueletos formam corais - não se reproduzirem por acasalamento direto. Ao invés disso, eles lançam  milhões de espermas e óvulos no mar, onde essas células reprodutoras ficam a deriva até atingir a superfície do oceano, se colidir e formar larvas que flutuam oceano afora para formar novos recifes de coral.
Pólipos podem não ser muito exigentes quando buscam um par, mas são defensores ferrenhos e bons observadores da passagem do tempo. Os pólipos em um recife de corais lançarão seus óvulos e espermatozóides simultaneamente em rajadas eufóricas apenas uma, ou talvez algumas, noites consecutivas no ano - e eles costumam fazer isso muito rapidamente após o por-do-sol em tardes das quais a noite que se seguirá será de lua cheia. Os cientistas estão agora começando a solucionar o mistério dessa façanha de lançar simultaneamente óvulos e espermatozóides na água.
D…

Colisão de Asteróides!

Imagem
Olá leitores!
Muito bem, um certo professor aí das Ecologias resolveu casar e largou o impacto do asteróide no último momento! Não deu nem tempo pra civilização terráquea se preparar! Mísseis? Não, boicote! Queremos mais prazo.
Enquanto a civilização terráquea se prepara para receber o impacto do Fernando Azevedo, deixa eu fazer uma tradução prévia do texto que estamos trabalhando em aula.
Não sei a data de publicação do texto que tenho em mãos, mas se for recente, no dia 13 de Junho um asteróide gigantesco, conhecido como 2007 XB10, com um diâmetro de 1,1 kilômetros - e o potencial para causar um dano de proporções globais - passará muito próximo da Terra, a uma distância de 10.6 milhões de kilômetros, o equivalente a 27 vezes a distância da Terra à Lua! A muitos anos que na História da Terra, não surge um asteróide gigante, que possa reescrever nossa história (geológica e cultural também!). A má notícia é que nos próximos 200 anos podemos esperar que pequenas rochas explodam na atmosfe…

Ecologia de Populações - OS GIGANTES PERDIDOS

Imagem
Aids, o mamute pegou AIDS!!!

Pegou AIDS nada, coitado, pois o HIV nem existia há cerca de 13.000 anos, quando os mamutes se extinguiram. Membros de um grupo que habitou as Américas há mais de 15.000 anos atrás, junto com as preguiças e outros mamíferos gigantes, os mamutes, que são os acestrais dos elefantes, compunham um grupo conhecido por megafauna. Os mamutes eram bastante parecidos com os elefantes modernos, mas tinham o corpo recoberto por pelos, eram herbívoros e tinham um grande par de marfins.

Existem teorias controversas sobre o que ocasionou a extinção dessa espécie. Uma das teorias já faz uma associação ao ser humano, atuando na extinção de espécies desde de 13.000 anos atrás. Existe uma cidade mexicana chamada Clovis, onde foram encontrados artefatos e fósseis de homens das cavernas que, acredita-se, foram os primeiros habitantes das Américas.  Esses homens conhecidos por Povo de Clovis, vieram da Sibéria, atravessaram o estreito de Bering e desceram o continente, povoando…

ECOLOGIA DE POPULAÇÕES - Predação e Antipredação

Imagem
Ecologia de Populações é uma parte da Ecologia que analisa os processos ecológicos a partir da unidade ecológica que chamamos de populações - simplificadamente, um conjunto de indíviduos de uma mesma espécie habitando uma determinada área.
PREDAÇÂO - A predação é uma interação ecológica que dizemos ser positiva para uma espécie e negativa para outra. Essa interação funciona como um regulador populacional, se não houvesse predação, as populações cresceriam de maneira descontrolada. Além da predação "clássica" - leões comendo herbívoros, gaviões comendo roedores, cobras comendo sapos, etc, existem outras formas de predação mais discretas, como a herbivoria e o parasitismo.
A coisa funciona mais ou menos como uma dança, uma população depende de outra. Assim sendo, se houve evolução da predação, as espécies predadas também desenvolveram estratégias para evitar a predação.
Uma dessas estratégias é conhecida como coloração de advertência. Um exemplo clássico são os anuros venenosos…

Evolução em Quatro Dimensões

Imagem
Não terminei a graduação ainda, mas a ousadia faz com que me sinta já dentro do mestrado. Estou lendo um livro, em inglês pra ficar bem afiado para o momento em que isto se tornar realidade, que se chama Evolução em Quatro Dimensões, de dois autores chamados Eva Jablonka e Marion Lamb
Complexo, mas bem interessante. Na minha opinião, menos chato do que alguns livro que li do Richard Dawkins, aliás esse autor merece um post aqui no RED MOSQUITO pois é um dos caras mais considerado no mundo das Ciências Biológicas e também um dos mais polêmicos!
Ainda estou no meio do livro da Evolução em Quatro dimensões. Esses caras analisam a Evolução das Espécies sob quatro diferentes prismas. O primeiro é o genético, uma análise da Evolução sob a luz da herdabilidade. Depois ele analisa as consequencias da transmissão genética de caracteres sobre o metabolismo celular. Ele também faz uma análise da epigenética, que é uma coisa mais ou menos assim - Todo DNA tem potencialidade para produzir uma série d…