quinta-feira, 12 de abril de 2012

BIOGEOGRAFIA

   Ok, é o estudo da distribuição dos seres vivos ao longo do gradiente geográfico. Mas será apenas isso? A biogeografia investiga como cada população se instalou no habitat onde vive atualmente. Quais as forças de dispersão que fazem com que uma espécie seja abundante em um local e rara em outro? Como acontece a distribuição e abundância em ilhas e no continente? Há diferença entre esses dois ambientes? A radiação e especiação é mais frequente em ambientes aquáticos ou terrestres?

É, caros leitores, são muitas perguntas, vários anos de investigação, pesquisa e estudo e algumas respostas.

Segundo a Wikipedia:

"A Biogeografia, é a ciência que estuda a distribuição geográfica dos seres vivos no espaço através do tempo, procurando entender padrões de organização espacial e processos que resultaram em tais padrões. A Biogeografia é entendida hoje como mais do que simplesmente visualizar a distribuição dos organismos no espaço. A visão descritiva e narrativa baseada em movimentos de dispersão de fauna e flora que dominou o pensamento científico até 1970 está em desuso. A partir da ideia de que as áreas mudam no tempo, e que esta mudança pode estar atrelada a mudança na forma dos organismos que habitam estas áreas esta alicerceada a Biogeografia Histórica. Fatores mais finos, especialmente os abióticos, que ajustam os limites de ocorrência dos organismos são utilizados para modelar e predizer a distribuição das espécies, formando a Biogeografia Ecológica. Biogeografia é uma ciência multidisciplinar que relaciona informações de diversas outras ciências como biologia, geografia, climatologia, geologia, ecologia e evolução. Os métodos biogeográficos podem ser aplicados como ferramentas para a escolha de áreas com o propósito da conservação."

A Biogeografia Histórica é algo que remonta a Paleontologia, buscando evidências fósseis e palinológicas (fósseis de pólens), dos locais onde as espécies viveram no passado e as razões de estarem em seus hábitats atuais. Já a Biogeografia Ecológica irá analisar as relações que existem entre as diferentes populações, em seus respectivos habitats.

A Biogegrafia Evolutiva meio que junta os conceitos das outras Biogeografias e analisa essa distribuição (e relações ecológicas, efeitos de especiação e dispersão) sob um viés evolutivos
 
Wallace foi um naturalista do século XVII que observou pássaros do arquipelágo Malaio. Ele notou a diversidade de espécies nessas ilhas, muitas filogeneticamente próximas, ou seja, semelhantes na morfologia. Wallace observou que as aves que estavam situadas mais ao Norte, próximas do continente asiático, se pareciam mais com as aves desse continente, enquanto as que habitam regiões mais ao sul se assemelhevam mais com as aves do continente australiano. Ele observou então que os aspectos evolutivos também seguiam uma determinação geográfica.
 
Com base em alguns critérios de distribuição de espécies conforme sua localização geográfica, a Terra foi dividida em algumas Regiões Biogeográficas. Vejamos:
 
Bom, em Violeta, nós temos a Região Neoártica, que compreende América do Norte, México e Groelândia.

Em Marron está representada a Região Neotropical que abrange toda a América Central e a do Sul e também a Flórida e as Ilhas do Caribe.

Em Verde teremos a Região Paleártica - Ásia, Europa, Norte da África até o Deserto do Saara, Península Arábica, Japão e China.

A área Vermelha delimita a Região Indomalaia - Com subcontinente Indiano, sul da China, Filipinas, Indochina e Indonésia Ocidental.

Em Marron Claro a Região AfroTropical. - África ao sul do Saara, e Península Arábica.

Em Cor de Burro quando Foge   Região Australiana - Indonésia Oriental, Austrália e Nova Zelândia.

Existe ainda a região Antártica.

2 comentários:

  1. Velho, ficou muito bom. Cara, volta a escrever com mais frequência.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Valeu, Renato. Tenho pensado muito nisso, preciso voltar a escrever várias coisas, só que estou numa fase de ler mais do que escrever, mas daqui a pouco saem coisas novas! Abraços!

    ResponderExcluir